Felicidade. Como adquiri-la?

agosto 13, 2015

Dias desses assisti novamente  um vídeo  que a tempos já o assistira, mais desta vez me fez refletir sobre o que dissera e me levou a uma maior reflexão. O vídeo se trata de um  jovem chamado Emilio Cervelló, bailarino contemporâneo, que dias antes de ingressar para a Ordem Cartuxa de Santa Maria Porta Coeli, em Valência (Espanha), foi entrevistado por João Delicado sj, em Lisboa no dia oito de abril de 2009. Não sei se o jovem perseverou na vida religiosa. Espero que sim. Utilizarei de algumas de suas falas para levá-lo a refletir comigo.

Disse o jovem: “Ninguém sabe de certo o que é que está à nossa espera, um segundo após. O segredo esteja eu viver um dia de cada vez, a perspectiva é a felicidade interior.” E como encontrar a felicidade interior, sem que nossas expectativas e esperanças sejam frustradas? Podemos nos questionar: o que tenho buscado; o que tenho esperado; o que quero encontrar; o que de fato me espera e qual a minha certeza? Tenho esperança?

Talvez poderia lhe dar uma luz, lhe relembrando que  a fé é o fundamento da esperança, ou seja, esperança da felicidade interior que todo homem busca, fé é uma certeza a respeito daquilo que não se vê. (Cf. Hb 11,1). Será a fé então o grande motor da felicidade interior? Pense nisso!
O homem tem necessidade de transcendência e é nessa busca de transcendência que ele começa a buscar. Na busca muitos encontram coisas, pessoas que os preenchem momentaneamente, outras na mesma busca por terem uma sensibilidade maior ou uma vocação de busca radical do transcendente não param na temporariedade. Não se preenchendo com as pessoas e as coisas temporais, que são boas por sinal, continuam buscando, e assim novamente me utilizo da fala do jovem: “O homem tem necessidade de transcender a sua existência.” Novamente principio a refletir. O que tem me preenchido e o que não tem me preenchido? O que devo perpetrare (fazer) para transcender?

Nossa “perspectiva é a felicidade interior” e o que é felicidade senão liberdade? São Paulo nos diz: "O Senhor é o Espírito, e onde está o Espírito do Senhor, ali está a liberdade. E todos nós que, com o rosto descoberto, refletimos como espelhos a glória do Senhor, nós nos transformamos nesta mesma imagem, cada vez mais resplandecente, conforme a ação do Senhor, que é espírito" (Cf. 2 Cor 3,17 - 18). São Paulo fala da felicidade interior que todo cristão adquire  ao configurar- se ao Cristo em uma busca incessante de liberdade e perfeição, no Espírito do Senhor e assim é impossível um cristão, um religioso não ser feliz. Se não o for, tem alguma coisa precisando de ajuste.

O jovem fora entrevistado dias antes de ingressar em uma austera ordem religiosa e  percebe-se em suas colocações que tem um grande desejo de liberdade, algo que quem desconhece a espiritualidade monástica assusta ao se referir em liberdade alguém que quer viver  “preso” no claustro de um mosteiro. E na verdade quem está preso são muitos que vivem fora dos claustros em suas buscas e paixões no século. Não que o monge também não esteja sujeito, mais sua vida restringe-se na purificação interior e na busca do transcendente, ofertando sua vida como oblação por tantos que necessitam encontrar-se consigo mesmo e assim com Deus.

Aquele que  encontra-se  consigo mesmo encontra um grande sentido, e começa então uma nova caminhada, ainda terrestre e temporal mais buscando algo sobrenatural que somente encontrará definitivamente quando fizer sua Pascoa na Eterna Glória.

Por isso tudo, somos chamados a acreditar que ninguém pode aumentar ou diminuir o tempo de sua vida, porque tudo é permitido ou preparado. Viva um minuto de cada vez e seja agradecido pelas maravilhas que Deus tem realizado em sua vida. Espero ter lhe provocado a refletir e renovar seus propósitos.

Ir. Gabriel, FGMC


                                                                                               

veja também

0 comentários

Visite-nos

Mosteiro da Divina Misericórdia
Estrada Vicinal João Lopes da Silva
Km 6, Baliza
Lucélia-SP

Contato

Mosteiro da Divina Misericórdia
Caixa Postal 25
CEP 17780-000
Lucélia-SP
Telefone: (18) 99723-1993

Vocacional

Ir. Gabriel, FGMC
vocacionalmisericordia@hotmail.com
(14) 99800-1328