A vocação é maior que a própria vida

agosto 05, 2015


Neste mês a Igreja celebra as vocações: sacerdotal, diaconal, religiosa, familiar e leiga. É um mês voltado para a reflexão e a oração pelas vocações e os ministérios, de forma a pedir a Deus sacerdotes que sejam verdadeiros pastores e sinais de comunhão e unidade no seio da Igreja.

Instituído na 19ª Assembleia Geral da CNBB em 1981, o Mês Vocacional tem como objetivo conscientizar as comunidades da responsabilidade que elas compartilham no processo vocacional. Presente na maioria das paróquias, a Pastoral Vocacional tem buscado celebrar este mês com animação e criatividade tendo sempre por fim suscitar novas vocações.

Quando falamos de vocação sempre ouvimos a definição desta palavra como chamado, mas também podemos interpreta-la como sentido de vida. É muito simples ao invés de nos perguntarmos qual a nossa verdadeira vocação talvez fique mais claro responder a esta mesma questão com uma outra pergunta: O que realmente da sentido a minha vida?

O mês de agosto vem de encontro a esta questão com que cada batizado é chamado a responder no seio da Igreja.  É importante lembrar que todos de um modo ou de outro somos vocacionados, chamados a dar um sentido a nossa vida em alguma forma de consagração especifica. A grande maioria é chamada a se consagrar na vida matrimonial, mas nem por isso deixa de ter a sua grande importância pelo fato de ser maioria, é no seio das famílias cristãs que nascem também as vocações a vida religiosa e sacerdotal.

Nos dias de hoje falamos muito em crise vocacional, não somente na vida religiosa mas também na vida matrimonial, o fato de constituir família parece ser um ideal pouco almejado pelos nossos jovens, assim como se consagrar na vida religiosa. Precisamos tomar consciência de que as nossas vidas estão passando e acabamos nos entregando aos prazeres do mundo contemporâneo e nos esquecemos do verdadeiro sentido de nossas vidas, e cada vez mais se da o resto para Deus . Como assim dar o resto para Deus? Sim, vivemos uma vida sem ideal procurando satisfazer os  nossos impulsos e nunca paramos para refletir sobre o verdadeiro sentido de nossas vidas. Por isso hoje vemos tantas pessoas frustradas na vida pois não escolheram o caminho certo na hora certa e hoje sofrem as consequências de ter escolhido mal, ou melhor, de não ter escolhido nada, e por isso sentem em suas almas um grande vazio.

Quando dizemos que a vocação é maior do que a própria vida  queremos expressar o quanto é importante encontrar este sentido, viver uma vida sem horizontes é como viajar sem destino, no começo parece ser interessante não ter para onde ir e caminhar ao vento,  mas depois de algum tempo vai ficando cada vez mais entediante esta caminhada para o nada. Diferente de quem propõe metas e lugares para chegar, um destino ao qual se quer chegar mesmo em meio as dificuldades da caminhada. A vocação é maior do que a própria vida á medida que vamos nos identificando com o nosso ideal e chegamos a conclusão que sem ele a vida não tem mais sentido. Colocando na balança é mais valioso uma vida com um sentido de ser do que a própria vida sem ideal de existir.

Buscar a própria vocação é enfrentar um grande desafio pessoal, uma grande aventura  de se entregar a voz Daquele que nos chama para algo. De fato algum dia você já se perguntou a que sou chamado ? Qual o sentido da minha existência ? Para onde estou indo ? O que será de mim daqui a cinquenta anos ?

Se faz necessário muita coragem para olhar no espelho e responder cada uma destas questões, e se por acaso ainda não tem as respostas acho que esta na hora de começar a procura-las pois o tempo esta passando e a cada dia que passa perdemos a oportunidade de sermos pessoas plenamente realizadas.

De o primeiro passo, após isso Deus se encarrega de conduzi-lo(a) para onde Ele deseja te levar, faça a experiência do abandono, de ser criança e em tudo depender do Pai que nos toma pela mão e nos conduz a Sua vontade, vontade esta que se torna maior do que nossa própria vida.

Ir. Miguel, FGMC

veja também

0 comentários

Visite-nos

Mosteiro da Divina Misericórdia
Estrada Vicinal João Lopes da Silva
Km 6, Baliza
Lucélia-SP

Contato

Mosteiro da Divina Misericórdia
Caixa Postal 25
CEP 17780-000
Lucélia-SP
Telefone: (18) 99723-1993

Vocacional

Ir. Gabriel, FGMC
vocacionalmisericordia@hotmail.com
(14) 99800-1328