Pentecostes: Sobre quem desceu o Espirito Santo?

junho 03, 2017



A igreja está celebrando a Solenidade de Pentecostes. E o que significa este termo? É uma palavra que se origina do grego Pentekosté, significa quinquagésimo, ou seja, cinquenta dias após a Páscoa. É a Solenidade da vinda do Espirito Santo que, junto com as solenidades do Natal do Senhor e a Páscoa, forma o tripé por excelência do ano litúrgico. Não existe Páscoa sem Pentecostes, e vice-versa. Era necessário que Cristo Ressuscitasse e enviasse o Paráclito - palavra que pode ser entendida como "conselheiro", "ajudante", "encorajador", "defensor" ou "consolador". 

A Igreja antiga, em sua caminhada, compreendeu que seu – e, podemos dizer também, o nosso - advogado é o Espirito Santo: Aquele que desceu sobre Maria Santíssima e os Apóstolos no Cenáculo em Jerusalém. O Espirito Santo foi dado não só aos Apóstolos e a Maria Santíssima, mas a toda a Igreja, como afirma o livro dos Atos dos Apóstolos: estavam presentes naquele lugar Pedro e João, Tiago e André, Filipe e Tomé, Bartolomeu e Mateus, Tiago, filho de Alfeu, Simão Zelote e Judas, filho de Tiago. Todos eles tinham os mesmos sentimentos e eram assíduos na oração, junto com algumas mulheres, entre as quais Maria, mãe de Jesus, e com os irmãos de Jesus. Nesse dia, estava reunido um grupo de mais ou menos cento e vinte pessoas (Cf. Atos 1,12-15a). Após terem recebido o Espirito Santo, São Pedro se levanta e diz que acabara de se cumprir o que havia profetizado Joel quando disse: “Nos últimos dias, diz o Senhor, eu derramarei o meu Espírito sobre todas as pessoas...” (Cf. Atos 2,17-18; Joel 3,15). Todos nós, batizados, recebemos o Espirito Santo. Não temos argumento para afirmar ao contrário. “Ninguém fica sem ele, e ninguém o possui plenamente”, conforme disse o teólogo Pe. José Bortolini.

O Espirito Santo veio até nós como nosso amigo, companheiro e auxiliador. Uma mãe é para o filho segurança e proteção. De forma análoga, alguns santos sentiram e experimentaram a relação com a Terceira Pessoa da Santíssima Trindade, o Espirito Santo. Rezou e escreveu Santa Tereza Benedita da Cruz (Edith Stein): “Doce luz, Tu me conduzes como mão de uma mãe, e, se me deixares ir, eu não sei como dar outro passo. Tu, mais perto de mim do que eu de mim mesma e do meu interior mais profundo; e ainda impalpável e intangível, além de qualquer nome: Espírito Santo, Amor Eterno!”.
Santa Faustina, igualmente, percebeu a imensidão da benéfica ação do Espírito, e por ela se deixou seduzir. Faça desta oração de Santa Faustina, a sua oração:

“Ó Espírito Divino, Espírito de verdade e luz, resida sempre em minha alma com a Tua Divina graça; que o Teu sopro dissipe as trevas, e nessa luz se multiplicarão as boas obras.
Ó Espírito Divino, Espírito de amor e misericórdia, que derramas em meu coração o bálsamo da confiança, a Tua graça confirma no bem a minha alma, dando-lhe uma força invencível: a perseverança.

Ó Espírito Divino, Espírito de paz e alegria, que fortificas o meu coração sedento e derramas nele a fonte viva do amor Divino, e o tornas intrépido para a luta!

Ó Espírito Divino, dileto Hóspede da minha alma, desejo da minha parte ser-Te fiel, tanto nos dias de alegria como nos dias de tormentos. Desejo sempre viver na Tua presença, Espírito Divino.

Ó Espírito Divino, que atravessas todo o meu ser e me fazes conhecer a Tua vida Divina, Trina, e me inicias em Tua Essência Divina; assim unida Contigo, viverei a vida eterna”. (Diário de Santa Faustina § 1411). 

Peçamos a Maria Santíssima, Rainha do Cenáculo e Mãe de Pentecostes, que interceda por nós, para que a ação do Espírito de Deus seja de tal forma fecunda que abra nossos olhos somente para a realidade celeste, dando-nos força, audácia e coragem para testemunharmos os valores do Reino de seu filho Jesus.

Ir. Gabriel Maria Mãe da Misericórdia, FGMC
Mosteiro da Divina Misericórdia

veja também

0 comentários

Visite-nos

Mosteiro da Divina Misericórdia
Estrada Vicinal João Lopes da Silva
Km 6, Baliza
Lucélia-SP

Contato

Mosteiro da Divina Misericórdia
Caixa Postal 25
CEP 17780-000
Lucélia-SP
Telefone: (18) 99723-1993

Vocacional

Ir. Gabriel, FGMC
vocacionalmisericordia@hotmail.com
(14) 99800-1328