Misericórdia - Atributo máximo de Deus!

fevereiro 23, 2016

Palavra do Superior – Mês de Fevereiro de 2016 – ANO SANTO DA MISERICÓRDIA

A palavra misericórdia é mencionada na Bíblia mais de 400 vezes, nos Salmos mais de 150 vezes. Dentre os Salmos o de numero 136, o é complexo de todo um louvor à misericórdia de Deus, salmo esse que Jesus, na quinta-feira, antes da sua Paixão e Morte recitou com seus discípulos, conhecendo que toda criação é fruto da misericórdia divina.
Santa Faustina diz em seu Diário Espiritual que a misericórdia é o maior “atribuo” dado a Deus. Todos os santos fizeram uma grande experiência da misericórdia em suas vidas. Santo Agostinho diz: “Confesso, Senhor, que sois misericórdia em todas as vossas Obras”.  É comum entre os Teólogos atribuir que entre as perfeições de Deus a misericórdia é a máxima perfeição. Afirma Santo Tomás de Aquino: “A misericórdia divina é a eterna perfeição do Criador”. Também São Crisólogo reconhece que “pereceria tudo que Deus fez se não fosse a misericórdia divina”.
Atribuir a misericórdia como o maior atributo de Deus é reconhecer que sem ela nós pereceríamos, como afirma São Crisólogo “pereceria tudo que Deus fez se não fosse a misericórdia divina”. Pois o pecado original nos marcou com o egoísmo e nos debilitou em nossa natureza. Ficamos frágeis e corrompidos pelas paixões. Assim compreendemos que Deus em sua infinita misericórdia quis salvar suas criaturas e promete seu Filho para restaurar o homem decaído. O pecado ao entrar no coração humano deixou grande falha. Jesus sendo a misericórdia encarnada assume nossa natureza para devolver a integridade do coração humano.
Quando olhamos para Jesus que é entre nós o “Rosto da Misericórdia”, e o acolhemos, descobrimos a máxima perfeição de Deus. Ele é a misericórdia que veio para sanar as falhas que trazemos em nossa natureza, nos libertar do egoísmo com que fomos marcados pelo pecado original.
Podemos ainda compreender que a misericórdia é perfeita porque cremos que Deus é perfeito, Nele não há imperfeição. E a perfeita misericórdia se entende também como uma ação externa de Deus. Num simples exemplo pensemos numa mãe que ao ouvir o choro de seu filhinho, pensa. Meu filhinho está com fome. Logo, impulsionada de amor, dá de si. Amamenta seu filhinho, suprindo dessa maneira a necessidade da criança. Assim Deus, com sua misericórdia, vem ao encontro do homem para suprir suas necessidades, preenchendo suas misérias.
A misericórdia só pode tocar o miserável, se este o reconhecer necessitado. Dado o exposto, o pecado é a máxima miséria humana e Deus só pode perdoar se o pecador pedir perdão. Portanto disse São Paulo Apóstolo que Deus é o “Pai das misericórdias” Misericordes sicut Pater, sensibilizemo-nos e confiemos na misericórdia divina.
                                                                                          
Pe. Estêvão Maria da Divina Misericórdia, FGMC

Superior do Mosteiro da Divina Misericórdia

veja também

0 comentários

Visite-nos

Mosteiro da Divina Misericórdia
Estrada Vicinal João Lopes da Silva
Km 6, Baliza
Lucélia-SP

Contato

Mosteiro da Divina Misericórdia
Caixa Postal 25
CEP 17780-000
Lucélia-SP
Telefone: (18) 99723-1993

Vocacional

Ir. Gabriel, FGMC
vocacionalmisericordia@hotmail.com
(14) 99800-1328